sexta-feira, 13 de junho de 2008

"Família é um assunto complicado..."

Quão importante é a sua família pra você??
Qual a parte o seu coração você dedica pra essas pessoas que te conhecem desde que você nasceu?

Família é algo tão complicado, sempre dá problema. Mas sempre dá muito mais alegria. “parente a gente não escolhe...” diz o ditado, eu com minha experiência e vida em família, digo que parente a gente não escolhe, ganha de presente quando nasce só para não ser sozinho no mundo.

Pra mim, a família é tudo, base, teto, janela e goteira... Está sempre presente, e às vezes até demais. Não me deixam sozinha nunca e às vezes me esquecem. Família é contradição, é aquela que você larga quando acha seu momento “felizes para sempre”, mas os laços são tão fortes que sempre se volta no Natal, com presentes pra todo mundo.

O que sua família representa pra você? Pra mim, TUDO, princípio, meio e fim. Eles me moldaram, e só sou o que sou graças a eles.

O pai me ensinou a acreditar na vida, a dar duro que a recompensa chega, ele sempre fala “Filha, te dou o estudo, por que é a única coisa que você vai ter pra sempre... o que você precisa herdar de mim são os aprendizados que esta adquirindo nessas escolas que pago e não carro, casa e dinheiro.”

Da minha mãe, aprendi a me preocupar com as coisas, se não ficar em cima não sai. Ela não me deixa ser acomodada e me estimula a buscar sempre o melhor. É dela também a minha religiosidade. Ela me ensinou a creditar, a ter fé e a pedir sempre por mais fé. Ela me mostrou que sem Deus nada é possível e que Maria está sempre ao nosso lado.

O Daniel, até ele me ensina. Brincadeiras a parte, ele me ensinou a ter bom humor e a tratar bem os outros. “Seja alegre, agradável e tenha amigos”. Ele também moldou meu gosto musical me mostrando Raul Seixas, Engenheiros do Havaí, Legião Urbana, quando eu ainda era uma criança. Horas e horas cantando e ele tocando violão, como resultado, sei todas as músicas possíveis e imagináveis, de Milionário e José Rico até a Creedence. (“I wanna know...”)

A Érica, ela é meu ídolo, sempre soube que ia longe, mas nem tanto. Quero ser igual a ela quando crescer. Ela nunca desiste, e me ensinou que o controle emocional é essencial. O coração gelado da família, com o maior coração que existe. Apesar de controlar as emoções ela me mostrou que o importante é tê-las. Ela me ensinou também a acreditar, a gostar dos BSB, a comprar roupa, a gostar de cinema. Minha irmã-amiga-conselheira... Sempre presente mesmo distante. Persistência e coragem em pessoa.

Com uma família dessas, quem consegue ficar triste... É lógico que eles têm defeitos, e muitos e que às vezes eu me irrito (muito facilmente). Mas eles são ótimos assim. Odeio perfeição, pessoas perfeitas me irritam. Família é isso, é sim e não, são lágrimas e sorrisos, abraços e puxões de orelha, almoço de domingo e sopinha para o doente.

Família é tudo aquilo que você precisa pra crescer mentalmente saudável e totalmente pirado, ou seja, pra terminar com um clichê: "família é amor."

2 comentários:

Erica disse...

oi cabeca....q lindoooooooooooooooooooooooooooooo, adorei, obrigada pelas palavras, vcs tbm sao as coisas mais importantes da minha vida e nem um só dia esqueco de vcs, as vezes fica dificil entrar na net mais meu coracao esta com vcs sempre, te amo...bjosssss

Thaís disse...
Este comentário foi removido pelo autor.