domingo, 10 de agosto de 2008

"Pai, você foi meu herói meu bandido, hoje é mais muito mais que um amigo..."


Não ia escrever aqui tão cedo, mas hoje, no melhor momento nada pra fazer deu vontade. Tô sem TV, e sem nada pra fazer.

Muitas coisas passam pela minha cabeça. Mais uma vez a minha falta de ação me atormenta e quase estraga o meu DR. Mas eu não vou deixar um detalhe que aconteceu no finalzinho estragar a imagem de uma super festa. Tudo começa com uma chuva violenta e a confirmação que eu tenho o melhor PAI do mundo. Ele esperou a chuva passar acordado aqui em casa...

A festa: a sala reunida (ou quase) muita música, risadas e aquele sentimento de “Ai, metade já foi, será que eu consigo...” Dúvida no ar, sentimento de aperto no peito bate forte, vou sentir falta de tudo isso. Não dos problemas e ruas sem asfalto, mas das pessoas. Rostos que passam pela nossa vida e podem sumir para sempre. Triste. Mas não é o momento. É dia de festa, e como prometido dancei até não sentir meus pés, mentira, eu sentia, e era uma dor absurda... Mas e daí, tudo é superável e suportável perto da oportunidade de ser alegre.

Um dia perfeito, torta de lima, Praça, Vó, Chuva e DA,exatamente nessa ordem. Uma estranha e perfeita combinação. Só faltou a Erikitcha mesmo. Tenho certeza que ela ia adorar... “oooo miiiiiiiiiila 1001 noites de amor com vc...” “With or without you...I can´t liiiiiiiiiive”

Depois de pouquíssimas horas de sono. Almoço com papito. Presentes distribuídos, irmão e pai felizes. Parei pra pensar, o sono me deixa como bêbada. Como eles ficam felizes. “Como é fácil fazer seu pai feliz”. Ser pai é uma responsabilidade muito grande, e ainda há muito do machismo e os beijos e abraços ainda são mais para as mães. Mais esses homens que são responsáveis por metade de você, também gostam de abraços, demonstrações de afeto. Por isso eu grito, canto e digo:



“Pai, eu não faço questão de ser tudo, só não quero e não vou ficar mudo
Pra falar de amor pra você “



Eu sei que é brega, eu sei que é Fabio Jr. Mais fazer o que...


Resumindo tudo então...

Fim de semana: perfeito, amigos, família, DR, carne de cabrito, aula, torta de limão, saudades, burrices, cegueira e lerdeza, cupido, pé dolorido, risadas, fotos, frio, chuva, sem responsabilidades, bolo de aniversário, festa, Dia dos Pais, vacina, estalinho, Vadinho, blusa nova, elogios, madeixas soltas. Não necessariamente nessa ordem, mas a bagunça fez parte de tudo.

2 comentários:

blogberona disse...

Todo dia é dia dos pais!

Luiz Alberto de Castro disse...

Fala prima......tdo vbem contigo....estou com um musculo sei la o que enflamado ja faz um ano.......daí segundo o Dr Edson Clemnte....rsrsrs.............tenho que fazer exercio para fortificar ele e fica bom.....daí to na academia....rsshauuha..... bjoo valeu pelos comentarios!