segunda-feira, 27 de setembro de 2010

"But I can't help it if I'm just a fool..."

A vida não é justa!!

Dãr! Certeza que pensaram “agora que a lerda descobriu?!?!”

Não é isso gente, eu já sabia, mais é que as vezes acontecem coisas que te fazem lembrar disso. Uma delas se chama Homens!! Ou melhor várias delas!!

Eu desisti, nem meu pai entendo mais...ô raça complicada, depois falam que mulher que é difícil de entender. Vou explicar uma coisa, não é assim que a banda toca...

É fácil entender uma mulher! É oferecer carinho, respeito, amor, amizade, compreensão e paciência. É falar coisas engraçadas nos momentos certos, dar um abraço de conforto nos momentos de dor. E conversar sério quando preciso for.

Vai não é difícil assim. É só não nos deixar falando sozinhas, entender a TPM, não falar de boca cheia e sempre tomar banho. É fingir que se importa com o que estamos falando e responder durante a conversa... principalmente se for discussão....

Agora que falei de nós mulheres, vamos falar dos verdadeiramente complicados. Já perceberam que aquele cara legal que seria um ótimo namorado. Aquele que você o imagina na sua sala conversando com seu pai numa festa de aniversário de criança. Esse cara nunca te da atenção, é que ele não sabe como agir, te ignora ou te trata como uma boa e velha amiga.

De tantas bolas foras que você leva, você desiste e sai com o coração esmagado e em pedaços por aí, se sentindo o famoso coco do cavalo do bandido. Nessa hora você está meio irracional, carente e precisando de carinho. Eis que surge o tipo perigoso. Aquele que você sabe que não está nem ai para você, mais você já foi tão ignorada que se esquece (ou finge) que ele não vale nada.

Justo ele, sabe o que falar, como te abraçar e como te fazer a pessoa mais importante do mundo. Você sabe que é mentira, mais você sofreu tanto que prefere esquecer a razão, e depois de muito resistir, você resolve dar um beijinho e nessa hora, o babaca do cara legal vê tudo, e lembra que gosta de você.

É...... a anta lembra de como você foi legal, de como ajudou no momento difícil... Ele lembra dos conselhos que você deu, lembra que você ria das piadas sem graça.... Lembra de como o clima era leve, gostoso e incrivelmente apaixonante...

Ele devia correr atrás.... mais não, a anta desiste.... e depois ainda reclama que as mulheres só se apaixonam por vagabundos
QUER SABER, A CULPA NÃO É NOSSA!!!!!!!!!
Ah, cansei de verdade!! o cara legal só gosta da menina de escova e saia secretária, o canalha não quer nada sério, o amigo só quer chorar no seu ombro... ô povinho complicado....
Desisto....
"Já me acostumei com a insegurança, de quem não quer sofrer"

Um comentário:

Erica disse...

É só falar pra ele exatamente isso que escreveu e ele vai entender...só nao imagina que isso passa pela sua cabeça...as vezes a solucao dos problemas mais difíceis esta na coisa mais simples: Conversar...

bjo